Secretário do Tesouro diz confiar na aprovação da CPMF

Apesar da decisão do PSDB de encerrar as negociações com o governo, o secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, afirmou há pouco que está confiante na aprovação da emenda constitucional que prorroga a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) até 2011. "Estamos confiantes. Nós acreditamos que, pela importância que ela tem para o Brasil e para saúde e também para a manutenção da situação fiscal positiva, ela será aprovada", disse o secretário.Ele minimizou a decisão de ontem de PSDB de se afastar das negociações. "O processo político passa por várias fases", ressaltou. O secretário destacou ainda que vários governadores têm manifestado apoio à prorrogação da contribuição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.