Secretário de energia dos EUA e Dilma não discutiram urânio

A ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, garantiu que nos dois encontros que manteve hoje com o secretário de Energia dos Estados Unidos, Spencer Abraham, não foi discutida a questão do enriquecimento de urânio pelo Brasil. "Nós nada discutimos essa questão, até porque ela não está no âmbito do meu Ministério", disse. O secretário norte-americano disse apenas que o assunto não faz parte da agenda da visita ao Brasil. "Relatos que surgiram na mídia têm natureza especulativa", afirmou.Ele afirmou que não lhe cabe falar sobre como o Brasil e a Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea) vão proceder em relação ao protocolo adicional do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares. A assinatura desse protocolo é que permitiria as inspeções adicionais no laboratório de enriquecimento de urânio em Rezende (RJ), defendida pelo governo dos EUA. "Essa questão deve ser tratada entre o Brasil e a Agência", disse Abraham.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.