Secretário da Receita Federal depõe hoje na CPI da Petrobras

Expectativa dos parlamentares é de que Otacílio Cartaxo fale sobre a mudança do regime contábil da estatal

Leonardo Goy, O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2009 | 10h01

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que investiga a Petrobras terá hoje, às 14h, sua primeira oitiva. Está confirmada a participação do secretário interino da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, à sessão. Ele deverá falar sobre a mudança do regime contábil da estatal, que fez com que a empresa pagasse menos impostos.

 

Veja Também

especialA trajetória política de José Sarney

linkGoverno diz não aceitar convocação de Dilma pela CPI

 

A oposição, porém, deverá insistir na convocação da ex-secretária da Receita, Lina Vieira, depois que ela declarou ao jornal "Folha de S. Paulo" que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, teria lhe pedido rapidez nas investigações, envolvendo a família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

 

A convocação de Lina - que já foi rejeitada na semana passada na proposta de trabalho de Jucá - dificilmente acontecerá na CPI. A oposição tem apenas três dos 11 assentos na comissão.Em entrevista ontem, em Natal (RN), Dilma negou que tenha pedido "rapidez" nas investigações da Receita sobre a família de José Sarney.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.