Secretaria-Geral nega que Carvalho tenha recebido e-mail

A Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou nota negando que o ministro Gilberto Carvalho tenha recebido e-mail contendo supostas denúncias de cobrança de propina, no Ministério do Trabalho, para registro de um sindicato, em 2008. "Essa afirmação é falsa", ressalta a nota da Secretaria, referindo-se à reportagem da revista Veja do último fim de semana. Sem citar o nome da revista, a nota acrescenta que em nenhum momento nem a revista e nem um site, também não identificado, perguntaram à Secretaria-Geral se o ministro teria recebido o referido e-mail.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.