Seca atinge 230 municípios de Minas Gerais

O governo mineiro já decretou, desde o início de abril, estado de emergência em 230 municípios por causa da seca, nos quais estão sendo distribuídas mensalmente cestas básicas a cerca de 40 mil famílias.Segundo o diretor de programação da Defesa Civil Estadual, capitão PM Rogério Ribeiro, as cidades são localizadas na regiões norte, noroeste, Médio Rio Doce, Médio São Francisco e nos vales do Mucuri e do Jequitinhonha.O Programa Emergencial de Distribuição de Cestas Básicas foi lançado há pouco menos de dois meses pelo governo do Estado. De início, o Estado adquiriu 180,9 mil cestas para abastecer 30 mil famílias de 142 cidades, até setembro. Na segunda etapa, com a decretação de emergência em mais 88 municípios, o programa adquiriu mais 60 mil cestas.A distribuição é feita em parceria com as prefeituras, mas é paga exclusivamente pelos cofres estaduais. De acordo com Ribeiro, o investimento é de R$ 3 milhões. Embora tenha chovido entre o final de abril e início da maio na maioria das regiões atingidas, ele disse que a situação continua crítica."Foram chuvas esparsas e não deram resultado", disse. Além das dificuldades no abastecimento de água, que tem sido feito por carros-pipa em muitas cidades, a agricultura, principal atividade econômica em grande parte da região atingida está sendo bastante prejudicada. "Na época do plantio, em meados deste ano, não choveu e os reflexos aparecem agora", disse Ribeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.