Se Lobão virar ministro, filho se complica por emissoras

Se o senador Edison Lobão (PMDB-MA) for para o Ministério de Minas e Energia, seu filho e suplente ficará na berlinda. Edison Lobão Filho assumirá a vaga no Senado em seu lugar. Mas ele aparece no Ministério das Comunicações como um dos donos do Sistema Difusora de Rádio e TV em São Luís. E o próprio senador disse ao Estado que deixou de ser sócio da Rádio Guajajara AM de Barra do Corda e a vendeu ao filho.O problema é que a Constituição proíbe parlamentares de serem "proprietários, controladores ou diretores" de rádios e TVs. Se assumir a vaga de senador, Lobão Filho pode ficar impedido de controlar a rádio.Apesar da proibição, reportagem do Estado de novembro revelou que 23 dos 81 senadores constam como donos de rádios e TVs no banco de dados do Ministério das Comunicações. A Guajajara aparecia em nome de Lobão. E pelo menos 17 parlamentares têm parentes - filhos, irmãos, mulheres - como sócios ou diretores de emissoras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.