Se Dirceu tem algo a dizer, que diga logo, pede tucano

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), criticou hoje o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, por ele ter acusado a oposição de querer desestabilizar o País com sua atuação. "Do jeito que ele se porta, parece que a oposição cometeu injúria (contra o ministro) e quer desestabilizar o País porque defende a instalação de uma CPI", afirmou Virgílio, referindo-se ao pronunciamento feito ontem por Dirceu, durante jantar em sua homenagem."Mas isso é porque o PT trabalhava desta forma e pensa que estamos repetindo sua maneira de atuar".O líder tucano reafirmou não acreditar que a instalação de uma CPI sobre o caso Waldomiro vá criar instabilidade no País. Disse ainda que Dirceu erra politicamente quando afirma "que o PSDB não perde por esperar". Ao se referir à afirmação de Dirceu de que, dentro de alguns dias, ele vai "pôr os pingos nos iis", Virgílio disse que, se o ministro da Casa Civil conhece alguma coisa, tem o dever de apontá-la, "sob pena de estar prevaricando". "Esta é a política do ninguém prestamos?", desafiou o líder do PSDB. Segundo ele, se Dirceu tem alguma denúncia consistente, deve divulgá-la imediatamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.