Schröeder chega ao Brasil nesta quarta

O chanceler da Alemanha, Gerhard Schröeder, chega nesta quarta-feira ao Brasil para uma visita de dois dias. Ele desembarca em São Paulo e segue para Brasília, onde mantém encontro com o presidente Fernando Henrique Cardoso. Com uma comitiva de 30 empresários, entre eles o presidente mundial da Volkswagen, Ferdinand Piech, o principal objetivo de Schröeder será tratar de negócios.A Alemanha foi escolhida por Fernando Henrique como prioridade na área diplomática. Desde 1995, ele viajou quatro vezes ao país, visto como um importante aliado do Brasil nas negociações do acordo comercial entre Mercosul e União Européia, principalmente na liberalização gradual do comércio entre os dois blocos.O país europeu, que já deteve 17% dos investimentos estrangeiros no Brasil nos anos 80, agora responde por apenas 7%, basicamente por causa de sua pequena participação nas privatizações brasileiras. Os alemães estão interessados em investir especialmente nas áreas de infra-estrutura e energia elétrica.Além das questões econômicas, a viagem pode ter uma dose de motivação política. Este ano vão ocorrer eleições legislativas na Alemanha, e Schröeder busca sintonia com a agenda internacional, principalmente após a introdução do euro que, embora bastante festejada, gerou certa indefinição econômica na Europa.Antes de seguir para Brasília, Schröeder visita o governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB). Segundo o secretário de Economia e Planejamento, Jacques Marcovitch, eles devem falar do desequilíbrio da balança comercial entre os dois países, questões sociais e ambientais. Também está agendado encontro com a prefeita Marta Suplicy, do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.