Saúde tira tucano da disputa pela prefeitura de Maceió

O quadro de candidaturas à prefeitura de Maceió sofreu uma verdadeira reviravolta nesta segunda-feira, com o anúncio de dois novos candidatos e a desistência do senador Teotônio Vilela Filho (PSDB). Ele alegou problemas de saúde e desistiu de concorrer ao cargo de prefeito pela coligação PSDB/PPS. O ex-deputado federal Regis Cavalcante - que havia sido anunciado como vice da chapa de Vilela - assumiu a chapa como candidato a prefeito pelo PPS. Já o PMDB, que tinha articulado o apoio do PPS à chapa do PSDB, decidiu lançar como candidato a prefeito o médico cardiologista José Wanderley Neto, que terá como vice, a advogada Solange Jurema (PSDB). Outra novidade foi o lançamento da candidatura do deputado federal João Caldas pelo PL. Na sua chapa aparece como vice o serventuário da Justiça, Richard Manso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.