Saúde promete regularizar campanha contra hipertensão

O atraso na entrega do material para a Campanha de Detecção de Pacientes com Hipertensão foi provocado por problemas na renovação de contratos com as gráficas, afirmou, nesta sexta-feira, o secretário de Políticas de Saúde do Ministério da Saúde, Cláudio Duarte.Ele informou que três lotes contendo folders, prontuários e fichas para pacientes já foram enviados.O secretário, no entanto, não informou quando os 33 mil tensiômetros - aparelhos usados para medir pressão arterial - serão mandados para os postos de saúde."Não é isso que vai prejudicar a campanha", afirmou. "Os postos de saúde deveriam ter esses aparelhos para uso de rotina."A compra dos aparelhos, disse, foi apenas um "auxílio" do ministério. Ele também reduziu a importância do material impresso: "Caso o paciente tenha níveis de pressão considerados altos, ele terá de voltar ao posto. Em outra visita ele poderá receber o folheto explicativo".Esta não é a primeira vez que o ministério atrasa o envio de material para campanhas. No início do ano, houve falta de glicosímetros (usados para avaliar a taxa de açúcar no sangue) em 33 mil postos de saúde, disse o secretário. "O atraso não afetou o trabalho ou a importância da campanha."A diretora da divisão de prevenção e controle de doenças da Secretaria Municipal de Saúde, Márcia Caraça, informou que os primeiros lotes do material impresso começaram a ser distribuídos aos postos nesta sexta-feira.Para contornar o atraso de quatro dias, os centros de atendimento do município haviam sido orientados a trabalhar com fotocópias.Para a cidade de São Paulo, o ministério deveria enviar cerca de 250 tensiômetros. "Claro que eles seriam importantes, há postos com número pequeno de aparelhos, e a demanda, em campanha, sempre aumenta."A Campanha de Detecção de Suspeitos de Hipertensão Arterial irá até o dia 14 de dezembro. Por causa do atraso nesta semana, no entanto, o prazo poderá ser prorrogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.