Saúde proíbe venda de leite Parmalat datado de julho

A Secretaria estadual de Saúde proibiu hoje a venda do lote SHF 1320 do leite desnatado, Parmalat, fabricado em primeiro de julho deste ano e com validade de quatro meses. Amostra do leite coletada pela Fiscalização Sanitária do município do Rio e analisada pelo laboratório Noel Nutels apresentou resultado insatisfatório quanto aos ensaios de características sensoriais. O produto alimentício é produzido pela Parmalat Brasi l - Indústria de Alimentos, instalada em Santa Helena de Goiás.O secretário estadual de Saúde, Gilson Cantarino, também proibiu a comercialização do lote 01, do leite em pó integral, marca Pink, fabricado em 24 de abril deste ano, e com validade de um ano. O alimento é produzido em Belo Horizonte (MG) pela Pink Alim entos do Brasil. Análise da amostra constatou matérias estranhas no leite. As informações são da Agência Brasi.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2003 | 18h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.