Saúde proíbe a venda de lote do Rinosoro em SP

O Centro de Vigilância Sanitária de São Paulo proibiu a venda do lote número 642 do remédio Rinosoro Gotas, fabricado pelo laboratório Americano de Farmacoterapia S.A. Segundo informa o site do governo estadual, a proibição ocorreu "porque o medicamento apresentou resultado insatisfatório com relação aos ensaios de aspecto e PH".A Vigilância Sanitária vai verificar se o medicamento está sendo comercializado e notificar a empresa fabricante para recolher o medicamento. O laboratório deve informar ao Centro de Vigilância Sanitária a quantidade dos remédios recolhidos. O não cumprimento da ordem resultará em multas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.