Satélite italiano pode cair no Brasil

O satélite italiano BeppoSax pode cair em território brasileiro entre os dias 29 de abril e 4 de maio, informa a Agência Espacial Brasileira (AEB). O satélite pesa 1,4 tonelada e mede 2,4m x 3,6m x 18m. Segundo informe oficial, são pequenas as chances de queda no Brasil, já que a latitude provável de reentrada inclui 28 países. Mas, se cair no País, o impacto acontecerá em uma faixa que compreende os Estados de Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Piauí e Roraima. O exato local de impacto do satélite e os eventuais danos que poderá causar só devem estar disponíveis dois dias antes da data prevista para a queda. O dia mais provável é 1º de maio, com margem de tolerância entre 29 de abril e 4 de maio.O BeppoSax se dividirá em fragmentos ao reentrar na atmosfera terrestre. Na condição de detrito espacial inerte desde que foi desativado em 30 de abril de 2002, o satélite italiano funcionou como um observatório para o estudo da radiação de raios X de origem cósmica.A AEB formou um Grupo de Trabalho Interdisciplinar para acompanhar e definir medidas de prevenção frente à possibilidade de o País ser atingido pelos detritos. O grupo é formado pela Agência Espacial Brasileira/MCT, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais/MCT, Ministério das Relações Exteriores, Comando da Aeronáutica/DEPED, Comando da Marinha e Secretaria Nacional de Defesa Civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.