Sars pode passar de animais para o homem

Autoridades da saúde do governo dos EUA disseram nesta quarta-feira que a Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) tem provável origem em animais como aves ou suínos e pode ser transmitida ao homem."É mais do que provável. A doença provavelmente passou de suínos ou frangos para os humanos", disse Jerome Hauer, secretário-assistente para emergências de saúde pública do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA.Hauer falou sobre a Sars durante reunião do subcomitê de investigação do Departamento de Energia e Comércio da Câmara dos Deputados. Anthony Fauci, diretor de alergias e doenças infecciosas do Instituto Nacional de Saúde, também participou do encontro e disse que não ficaria surpreso se a Sars tiver passado de animais para o homem.Os comentários de Fauci e Hauer contradizem pesquisa divulgada em 5 de maio pela Agência das Nações Unidas para Alimentos e Agricultura (FAO), que concluiu não haver relação entre a origem ou disseminação da Sars e os animais. Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.