Sarney vai tirar licença de 4 meses do Senado

O senador José Sarney (PMDB-AP) pedirá licença do Senado por quatro meses, provavelmente em março. Ele alega que precisa concluir seu livro de memórias e participar de compromissos literários no exterior. Segundo um aliado, como Sarney acabou no olho do furacão da disputa por cargos do setor elétrico, os compromissos literários vêm a calhar porque ajudam a preservá-lo. Assumirá a vaga o suplente Jorge Nova da Costa (PMDB-AP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.