Sarney quer urgência na aprovação de 'Ficha Limpa'

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse hoje que vai conversar com os demais líderes na Casa para propor regime de urgência para a votação do "Ficha Limpa". "Essa é uma Casa colegiada. Somos favoráveis à proposta", disse.

ANA PAULA SCINOCCA, Agência Estado

12 Maio 2010 | 13h13

Sarney ressaltou que vai convocar as lideranças para definir o assunto para que o projeto seja votado "logo" no Senado. Pouco antes, o presidente da Casa recebeu, em seu gabinete, representantes de diversas entidades da sociedade civil que formam o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, acompanhados de um grupo de deputados federais. Eles fizeram a entrega simbólica do projeto a Sarney.

O projeto foi aprovado pela Câmara dos Deputados, tendo sua votação concluída ontem. Segundo o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, o projeto Ficha Limpa tem origem em proposta de iniciativa popular, que recebeu mais de 1,6 milhão de assinaturas em dois anos de campanha, além de 2 milhões de assinaturas coletadas virtualmente pela organização internacional Avazz.

Mais conteúdo sobre:
Senado Ficha Limpa votação José Sarney

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.