Sarney pode ter alta amanhã

O senador e ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) continua internado no hospital UDI Cardíaco em São Luís (MA), e passa bem. Ele foi internado nesta manhã, apresentando quadro de hipertensão e pré-edema pulmonar agudo. O senador está acompanhado da mulher, dona Marli. A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, deixou o hospital por volta das 13 horas, depois que o pai já apresentava sinais de melhora e estava se alimentando. A previsão é de que o senador receba alta somente amanhã.O cardiologista Bonifácio Barbosa, um dos seis médicos que atenderam o senador, admitiu que o ex-presidente correu risco de vida. Sarney teve uma crise hipertensiva às 8 horas, e foi atendido meia hora depois. Barbosa disse que Sarney chegou caminhando ao hospital, mas tossia e tinha falta de ar.Numa coletiva de imprensa, ao meio-dia e meia, os médicos disseram que o estado de saúde de Sarney ainda inspira cuidados. Ele está sendo medicado com hipotensores (remédios que controlam a pressão arterial) e diuréticos. O senador recebeu oxigênio durante três horas, disse o cardiologista Bonifácio Barbosa, mas já respira sem a ajuda de aparelhos.A equipe médica vai reavaliar à tarde o estado de saúde de José Sarney e à 18 horas deverá ser divulgado um novo boletim médico.Além da hipertensão que o obriga a tomar remédios e a seguir uma dieta pobre em sal e gordura, o ex-presidente José Sarney fez operação no Incor para retirada da próstata e, em fevereiro deste ano, foi internado para a retirada da vesícula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.