Sarney não vai a jantar com Lula e não fala sobre Banco Santos

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não participará do jantar do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com os senadores do PMDB na residência do ministro da Previdência Social, Amir Lando, na noite desta sexta-feira, quando será discutida a relação do partido com o governo.Segundo o senador, o presidente Lula e o líder da bancada, Renan Calheiros, já teriam sido avisados da ausência, em função de compromissos agendados há mais de dois meses no Amapá. Indagado se esse jantar serviria para conter a debandada do PMDB do governo, Sarney respondeu: "espero que assim seja", e acrescentou que continua trabalhando para manter o PMDB na base aliada do governo.Segundo a assessoria do senador, Sarney embarcará para o Amapá depois do almoço para receber o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Amapá. De acordo com assessores, Sarney não dará entrevistas sobre o saque que fez no Banco Santos pouco antes do Banco Central anunciar intervenção na instituição. "O que eu tinha que dizer já disse. Isso é um problema da minha privacidade", afirmou Sarney.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.