Sarney diz que relação com Planalto será de harmonia

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse que sua relação com o Palácio do Planalto será de harmonia "sem prejuízo da independência". "A Constituição já prevê como deve ser essa relação, com harmonia. Vamos exercer esse comportamento sem prejuízo da independência", disse após participar da cerimônia de posse do ex-ministro de Minas e Energia José Jorge como ministro do Tribunal de Contas da União (TCU).Questionado sobre o impacto do fortalecimento do PMDB - que ganhou ontem o comando das duas Casas do Congresso - nas eleições presidenciais de 2010, o parlamentar disse que "2010 está muito longe". "Estamos tratando apenas de uma sucessão na direção das Casas do Congresso", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.