Sarney diz que não se pronunciará sobre nova denúncia

A assessoria de imprensa do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), informou hoje que o parlamentar não irá se manifestar sobre reportagem publicada ontem pelo jornal O Estado de S. Paulo, na qual é revelado que dois dos três apartamentos ocupados pela família na região dos Jardins, em São Paulo, estão em nome da empresa Aracati Construções, Assessoria e Consultoria Ltda. Segundo a assessoria, o deputado federal Sarney filho (PV-MA), filho do peemedebista, já admitiu, em nota, ser o dono de fato do apartamento, e "não há mais o que o senador possa explicar sobre o assunto".

CAROL PIRES, Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 12h14

A reportagem mostra que três dos dois apartamentos ocupados pela família estão em nome da empresa, antes batizada de Aracati Construções, Assessoria e Consultoria Ltda. José Sarney está em Brasília, onde participará de almoço oferecido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Felipe Calderón, presidente do México. Não há outros eventos oficiais na agenda do presidente do Senado previsto para hoje.

O parlamentar já tem onze ações protocoladas contra ele no Conselho de Ética. Ele é acusado, entre outras denúncias, de responsabilidade na edição de atos secretos adotados para criação de cargos, nomeações e aumentos salariais e de irregularidades na administração da fundação que leva seu nome. Porém, todas foram arquivadas pelo presidente do colegiado, senador Paulo Duque (PMDB-RJ). PSDB e PSOL recorreram contra os engavetamentos, e os recursos serão respondidos na quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoJosé SarneyapartamentosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.