Sarney diz que encerra sessão só após votar Lei de Falências

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AM), disse que a sessão será encerrada após a conclusão da votação da Lei de Falências. Enquanto isso, a oposição disse estar disposta a protelar ao máximo a discussão das emendas. O líder do PSDB, Arthur Vírgilio(AM), anunciou que pretende usar todo o tempo regimental para defender os doze destaques de votação em separado que apresentou. O regimento admite dez minutos para o autor de cada destaque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.