Sarney diz que corte de vereadores é assunto ultrapassado

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse que é ?um assunto ultrapassado" a discussão sobre a proposta de emenda constitucional (PEC) que restringia para 5.062 a redução do número de vereadores. Perguntado sobre a possibilidade de apresentação de recursos contra a manutenção pelo Senado do corte de 8.528 vereadores decido pelo Tribunal Superior Eleitoral, Sarney disse que eles seguirão para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). "Mas a votação já foi feita", insititiu ele, após participar da cerimônia de posse do ministro Eros Grau, no Supremo Tribunal Federal.Segundo o presidente do Senado, não há possibilidade de haver reviravolta no caso. Ele disse também que não acha necessária convocação extraordinária do Congresso em julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.