Sarney diz que almoço do PMDB com Lula não formaliza apoio

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) disse que a formalização do acordo entre PMDB e o governo deve ser feita em uma reunião do partido, que poderá ser da Executiva Nacional. A mesma opinião foi manifestada pelo líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros, considerando que uma reunião da Executiva seria ideal para concluir a discussão desse processo. Sarney, Renan e parlamentares do partido almoçam com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na residência da presidência do Senado. Sarney negou, no entanto, que o almoço seja a oficialização deste acordo. Sarney disse que o encontro representa um estreitamento cada vez maior na relação com os partidos do governo e na divisão das responsabilidades da atuação parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.