Sarney divulga lista dos 152 atos secretos revalidados

Presidente do Senado alega que nenhum desrespeitou o princípio de pubilicidade e foram divulgados

Agência Brasil,

06 de agosto de 2009 | 13h58

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 6, a lista dos 152 atos secretos anulados por ele na última quarta-feira de acordo com duas medidas para orientar a reavaliação dos atos.

 

Veja Também

linkDecisão sobre primeiras ações contra Sarney sai na quarta

linkSarney adia discurso no Senado, diz assessoria

linkSenado barra pagamento de contratados por ato secreto

linkSarney revalida 36 dos 663 atos secretos do Senado

video O bate boca entre Renan Calheiros e Pedro Simon

video Fernando Collor manda Pedro Simon engolir o que disse

especialNas páginas do Estadão, a luta contra a censura

 

As orientações consideram que, segundo uma pesquisa mais aprofundada, 119 desses atos foram devidamente publicados em edições do Diário do Senado Federal, e 33 foram regularmente publicados em edições do Boletim Administrativo do Pessoal e, sendo assim, não desrespeitaram o princípio de publicidade e não podem ser considerados secretos.

 

Dos 663 atos considerados secretos, 79 foram nomeações para cargos administrativos do Senado. A Diretoria-Geral da Casa deu aos gabinetes a função de atestar se esses funcionários compareciam ao trabalho antes do escândalo e se há interesse em mantê-los.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.