Sarney deixou UTI, afirma filho do senador

Segundo o deputado Sarney Filho (PV-MA), presidente do Senado está 'muito bem', mas deve ficar no hospital até o fim de semana

Ricardo Chapola, do estadão.com.br

16 de abril de 2012 | 15h16

O presidente do Senado, senador José Sarney (PMDB-AP), deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Cardiológica do Hospital Sírio Libanês na tarde desta segunda-feira, 16, informou seu filho, o deputado Sarney Filho (PV-MA). O senador foi submetido a uma cirurgia neste domingo, 15, após sentir dores no peito no fim de semana.

 

"Os processos foram feitos na hora certa porque meu pai corria um grande risco de vida. Agora ele está muito bem", afirmou o filho do senador. No domingo, foi realizada uma angioplastia para colocação de um stent arterial no coração. Segundo Sarney Filho, seu pai deve ter alta do hospital até o fim de semana. "Ele deve passar por uma avaliação mais detalhada nos próximos dias", explicou.

 

 

Já nesta segunda, o senador recebeu a vista de políticos, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP). No encontro, os dois não falaram de política, apenas sobre o estado de saúde do senador. "Ele está bem, mas não é para tanto", brincou Sarney Filho.

 

Risco de infarto. Na madrugada de domingo, Sarney teve dores e os médicos optaram por submetê-lo a um cateterismo. Durante o procedimento, foi encontrada uma obstrução importante na artéria descendente anterior. Por isso, a equipe optou pela intervenção cirúrgica para colocação de um stent (a prótese é colocada em artérias para impedir o entupimento dos vasos sanguíneos).

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
josé sarney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.