Sarney defende divisão estadual de royalties do petróleo

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), antecipou nesta manhã, antes de receber governadores e parlamentares do Norte e Nordeste, que concorda com a reivindicação deles de distribuir os royalties do petróleo, incluindo os do pré-sal, para todos os Estados.

ROSA COSTA, Agência Estado

15 de junho de 2011 | 11h29

Sarney entende que a iniciativa é importante porque coloca aquelas regiões "na pauta nacional", da qual entende que deixaram de fazer parte, "apesar de necessitarem cada vez mais de apoio". "Minha opinião a respeito é que não se pode prejudicar o que já foi concedido aos Estados que recebem royalties, mas daqui para frente tem de ser uma certa distribuição nacional", justificou.

O senador defendeu a adoção de "uma fórmula", na qual a riqueza do petróleo possa ser distribuída para todo o País. Ele diz concordar com a reivindicação dos governadores nordestinos de "fatiar" a reforma tributária para legalizar medidas relacionadas à distribuição de royalties do petróleo. Alegou que essa divisão se justifica porque é "muito difícil" de votar a reforma tributária de uma só vez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.