Sarney cumprirá 120 dias de licença a partir de março

O ex-presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), vai tirar um período de 120 dias de licença não remunerada a partir de março. Segundo a assessoria de imprensa do senador, a licença será utilizada por Sarney "para cuidar de interesses particulares". Durante esse período, Sarney deverá tratar da sua produção literária. Nesse tipo vacância, a regra do Senado estabelece que o suplente assumirá a vaga. No caso de Sarney, o primeiro-suplente é Salomão Alcolumbre, também do PMDB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.