Sarney continua internado e sem previsão de alta

Senador do PMDB-AP se recupera bem de cirurgia cardíaca, segundo assessores

Daiene Cardoso, da Agência Estado

17 de abril de 2012 | 17h48

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), continuará internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, por tempo indeterminado. Sarney, que foi internado no último sábado, 14, e submetido a um cateterismo e a uma angioplastia, se recupera bem dos procedimentos, informam assessores. Na tarde desta terça-feira, 17, Sarney foi transferido da Unidade Crítica Cardiológica (semi-intensiva) para um quarto.

Nessa segunda-feira, 16, Sarney recebeu as visitas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Marta Suplicy (PT-SP) e Gim Argello (PTB-DF), além do deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP). Devido ao grande volume de ligações e de visitas, os médicos recomendaram que Sarney repouse e reduza o número de visitantes. Nesta quarta-feira, 18, o vice-presidente da República, Michel Temer, deve visitá-lo no período da manhã.

Em entrevista à imprensa, o filho do senador, o deputado federal Sarney Filho (PV-MA), afirmou que Sarney estava "muito bem" e que poderia receber alta até o fim de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
Sarneyinternação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.