Sarney comunica ao STF que cumpriu cassação

O presidente do Senado, José Sarney ()MDB-AP), comunicou nesta tarde ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que o empresário Acir Gurgacz (PDT) já foi empossado como senador eleito por Rondônia, como substituto de Expedito Junior (PSDB-RO), cassado pela Justiça Eleitoral.

MARIÂNGELA GALLUCCI, Agencia Estado

05 de novembro de 2009 | 18h16

Sarney foi ao Supremo dar a informação a Gilmar Mendes, que teve que se ausentar alguns minutos da sessão em que o Supremo julga o pedido do Ministério Público para abertura de processo contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), por supostos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, durante a campanha à reeleição do governo de Minas Gerais em 1998.

Sarney explicou que a posse de Gurgacz ocorreu depois que Expedito Junior decidiu retirar o recurso contra a determinação do STF de cassar o mandato.

Ao deixar o Supremo, Sarney negou que havia atrito entre Senado e STF. "Enquanto eu estiver no Senado pode ter absoluta certeza de que não teremos qualquer atrito com o Supremo", respondeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.