Sarney apresenta melhora e deixa UTI

Internado no hospital Sírio Libanês em São Paulo desde a semana passada, senador será encaminhado à Unidade Semi-Intensiva; não há previsão de alta

O Estado de S. Paulo

05 de agosto de 2013 | 13h50

São Paulo - O senador José Sarney (PMDB-AP) deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, mas continuará internado na Unidade Semi-Intensiva do mesmo hospital, segundo boletim médico divulgado no começo da tarde desta segunda-feira, 5. Não há previsão de alta.

 

O parlamentar estava internado na UTI desde quinta-feira, 1º, um dia depois de deixar o UDI Hospital, em São Luís (MA), para tratar uma infecção respiratória aguda. Em São Paulo foi identificado um derrame pleural - acúmulo de líquido na membrana que envolve o pulmão.

 

De acordo com o boletim desta segunda, Sarney apresenta "contínua melhora clínico laboratorial" e é tratado com antimicrobianos. Até a semana passada, a causa da infecção não havia sido confirmada. No sábado, 3, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), filha do senador, afirmou que o ex-presidente havia apresentado melhora em todo o quadro. "Estamos mais tranquilos", disse.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
sarney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.