Sarney admite que retirou dinheiro do Banco Santos

A assessoria de imprensa da Presidência do Senado distribuiu nota na qual o presidente da Casa, José Sarney, confirma que transferiu do Banco Santos para o Banco do Brasil recursos referentes à venda da Fazenda Pericumã, localizada no município goiano de Luziânia.A nota foi divulgada após o mercado financeiro ter vivido um dia de agitação influenciado pelo boato de que importantes políticos teriam feito saques no Banco Santos antes de sua intervenção pelo Banco Central. A nota divulgada por Sarney não informa o valor e nem a data da transferência, mas destaca que a venda da fazenda consta da declaração de Imposto de Renda do senador há dois anos.A seguir, leia a íntegra da declaração de Sarney:"Eu, como centenas de correntistas, em face dos rumores publicados na imprensa e existentes na praça sobre o Banco Santos, transferi meus depósitos, produto da venda da minha fazenda Pericumã, para o Banco do Brasil, depósito estes constantes da minha declaração do imposto de renda há dois anos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.