Sarney adia discurso no Senado para amanhã

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), adiou para amanhã o discurso que faria hoje em plenário sobre a crise no Senado. A assessoria de imprensa do senador não soube informar o motivo pelo qual foi adiado o pronunciamento, mas disse que o discurso de Sarney será feito amanhã, no final da tarde.

CAROL PIRES, Agencia Estado

04 de agosto de 2009 | 16h01

Antes, às 14h, o Conselho de Ética do Senado se reunirá para decidir sobre algumas das 11 ações que foram registradas contra o presidente José Sarney. Ele responde no Conselho de Ética a cinco representações e seis denúncias que o acusam da contratação de aliados e parentes por atos secretos e de desvio de dinheiro destinado pela Petrobras à Fundação Sarney para empresas fantasmas.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoJosé Sarneydiscurso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.