CELSO JUNIOR/AE
CELSO JUNIOR/AE

Sarney adia discurso no Senado, diz assessoria

Gabinete da presidência não sabe informar motivo pelo qual pronunciamento foi cancelado

Carol Freitas, Agência Estado

04 de agosto de 2009 | 15h56

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), adiou para quarta-feira, 5, o discurso que prometia fazer em plenário sobre a crise no Senado. A assessoria de imprensa do senador não sabe informar o motivo pelo qual foi adiado o pronunciamento, mas disse que o discurso será feito no final da tarde de quarta.

 

Antes, às 14h, o Conselho de Ética do Senado se reunirá para decidir sobre algumas das 11 ações que foram registradas contra o presidente José Sarney.

 

Mais cedo nesta terça-feira, 4, senadores do DEM, PT, PSDB, PDT e PSB que defendem o afastamento de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado se reuniram no gabinete do presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), para discutir uma maneira de unir forças para obrigar Sarney a se afastar da presidência do Senado.

 

Veja Também

linkMercadante reafirma pedido para que Sarney e licencie

linkCrise deve ser tratada no Conselho de Ética, diz Jucá

linkSenado barra pagamento de contratados por ato secreto

linkSarney revalida 36 dos 663 atos secretos do Senado

video O bate boca entre Renan Calheiros e Pedro Simon

video Fernando Collor manda Pedro Simon engolir o que disse

especialNas páginas do Estadão, a luta contra a censura

 

No encontro, os líderes teriam decidido pressionar pela saída de Sarney do comando do Senado - desta vez, não em discursos individuais, mas por meio de nota, assinada pelas cinco legendas, que o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), apelidou de "frente pela dignidade do Senado".

 

O teor da nota ainda depende do consentimento do senador Antonio Carlos Valladares (PSB-SE) e de uma decisão do líder do PT, Aloizio Mercadante (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
José Sarney, Sarney, Senado, crise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.