Sarney aconselhou Inocêncio a se opor a Aécio

O senador José Sarney (PMDB-AP) confirmou hoje que conversou com o líder do PFL e candidato à presidência da Câmara, Inocêncio Oliveira (PE), antes da sessão do Congresso de quarta-feira, e que o aconselhou a fazer uma campanha de oposição ao seu adversário, deputado Aécio Neves (PSDB-DF). Sarney garantiu que não falou com Inocêncio em oposição ao governo, como informaram parlamentares do próprio PFL. Sarney confirmou a informação dos mesmos políticos segundo as quais ele esteve com o líder pefelista na residência de Brasília da governadora do Maranhão, Roseana Sarney. O encontro se realizou horas antes de Inocêncio fazer um inflamado discurso de oposição e ter encaminhado votação contra uma medida provisória de interesse do governo no plenário.Na avaliação de deputados ligados a Sarney, seria contraditório o incentivo do ex-presidente ao candidato pefelista, uma vez que seu filho, Sarney Filho, é ministro do Meio Ambiente e sua filha é governadora de um Estado pobre que não pode abrir mão de recursos do governo federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.