Sargento continua desaparecido na Amazônia

Por meio de nota oficial, distribuída nesta sexta-feira, o Comando Militar da Amazônia desmentiu o boato sobre o possível reaparecimento do sargento Manoel de Jesus Alencar. O militar continua desaparecido desde quinta-feira, quando teria caído no Rio Negro, no município de São Gabriel da Cachoeira, durante exercício simulado da Operação Tapuru.O boato começou quando surgiram notícias sobre um homem retirado do rio por moradores ribeirinhos em São Gabriel da Cachoeira. Como os militares ainda não sabiam quem era e muito menos se ele estava vivo ou morto, pensou-se na possibilidade de o sargento ter sido encontrado.Depois, comprovou-se que o homem retirado do rio, já morto, não era o sargento desaparecido. O rio Negro tem um dos seus trechos mais perigosos no município de São Gabriel da Cachoeira. Fronteira com a Colômbia e a Venezuela, ele tem forte correnteza no local. No trecho que corta a cidade, por exemplo, corredeiras transformam-se inclusive em atrativo turístico, embora a profundidade do rio não seja grante.Quanto ao cabo Gilberto de Souza Santos, que foi ferido em confronto com possíveis guerrilheiros ou traficantes no município de Tabatinga, o Comando Militar da Amazônia repetiu as informações desta quinta-feira. O militar continua internado no Hospital do Exército, em Manaus, mas passa bem.E quanto a identidade dos homens que enfrentaram os soldados brasileiros no incidente, ainda não há qualquer novidade. Após a repercussão do ferimento do cabo, as forças armadas passaram a agir com mais cautela nas incursões pela floresta, principalmente nos municípios fronteiriços com a Colômbia.A Operação Tapuru, que envolve mais de quatro mil homens, dezenas de barcos e toneladas de equipamentos, tem seu término previsto para este sábado. Depois disso, o Comando Militar da Amazônia apresentará um balanço da operação. Até o momento, o saldo é considerado positivo pelos militares brasileiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.