‘São uns imbecis, né?’, diz Rosely sobre busca policial

Grampo flagrou o diálogo entre a esposa do prefeito de Campinas e seu secretário de Comunicação

Fausto Macedo, de O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2011 | 23h52

Na China, Rosely Nassim, mulher de Dr. Hélio, recebeu telefonema do então secretário de Comunicação, Francisco Lagos. Ele fala do depoimento de Aurélio Cance, um dos investigados, e sobre busca policial em um sítio dela em Mogi Guaçu. "O depoimento do Aurélio foi bom. Vamos conversar com aquele outro advogado lá em São Paulo, certo? Agora, saiu uma informaçãozinha aqui, de bastidor, de polícia, que tinha alguma coisa que estavam querendo investigar, negócio de um poço que tinha lá na chácara em Mogi, tinha alguma coisa escondida lá, entendeu? Então, o único sussurro que foi por debaixo do pano."

 

Rosely, às gargalhadas, responde. "Então eu tenho um poço de dinheiro? Não acredito, são uns imbecis, né? Que coisa. Você sabe o que acontece? Isso é um presságio de pedir um mandado pra entrar na minha casa (sic)."

 

Lagos diz que o plano é tirar a investigação da Justiça em Campinas. "No depoimento do Aurélio, as coisas que eles mais perguntaram foi se ele captava recurso para a campanha de 2004 do Dr. Hélio. Então, é contra o dr. Hélio, é sacanagem. Vamos avocar esse processo lá prá cima, tá entendendo? Querem saber o que o Aurélio fazia na campanha, se ele era coordenador, se captava recursos, se pagava dinheiro. Em função disso estamos preparando pra avocar, pra tirar da mão desses malucos." Rosely quer saber se a imprensa está dando ênfase. "A imprensa calou, foi só", disse Lagos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.