São Paulo vive um inusitado mês de madrugadas frias

O fim de semana está garantido, com bastante sol e nada de instabilidades em São Paulo. Mas até sábado as madrugadas permanecem frias, segundo a meteorologista Patrícia Madeira da empresa Climatempo. A mínima, que chegou a 11,5 graus ao amanhecer de hoje, deve baixar até 10 graus no sábado. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, desde 1999 não esfriava tanto na madrugada paulistana em outubro. Naquele ano, a mínima foi de 10,6 graus na estação do instituto no Mirante de Santana, na zona norte. O recorde é de 4,3 graus, em 1947. Por causa do frio noturno e do céu limpo, os dias ainda amanhecem com névoa que se dissipam ainda cedo no leste. As temperaturas estão subindo e, até o domingo, o calor chega a 31 graus e a mínima sobe para 16 graus. Hoje, a máxima é de 21,5 graus e, para amanhã, estão previstas temperaturas entre 11 e 26 graus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.