São Paulo tem o maior número de detentos

O Estado de São Paulo é o campeão nacional na relação entre o número de presos e a população. Segundo dados de janeiro do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), um órgão do Ministério da Justiça, para cada 100 mil habitantes há nas prisões paulistas 265 pessoas presas.É quase o dobro do índice do Rio, que é de 144 para cada 100 mil habitantes, e mais de sete vezes o da Bahia, de 37 por 100 mil habitantes. O mesmo levantamento do Depen revela ainda que a população carcerária de São Paulo representa cerca de 42% de todos os presos do País - são 98.405 de 235.084.O Estado também responde por mais de um terço do déficit de vagas no sistema prisional. Das 64.922 vagas que faltam no Brasil, 22.219 são em São Paulo.Mesmo que fossem construídos presídios para sanar essa falta de vagas, tanto no Brasil como em São Paulo, ainda faltaria lugar nas cadeias para todos que deveriam estar nelas.De acordo com estimativas do Poder Judiciário, existem hoje cerca de 300 mil mandados de prisão para serem cumpridos em todo o País. No Estado de São Paulo, esse número é de 127 mil, mais do que a quantidade dos que estão presos.Uma outra pesquisa, realizada pelo Centro Brasileiro de Estudos e Pesquisas Judiciais, traçou o perfil dos presos em São Paulo por crimes contra o patrimônio. Segundo estudo, 57% dos acusados são brancos, 31% mestiços e 12% negros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.