São Paulo precisa de um 'PAC Paulista', diz Mercadante

O candidato do PT à sucessão ao governo paulista, senador Aloizio Mercadante, defendeu hoje que São Paulo precisa de um Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que estabeleça investimentos em áreas prioritárias.

AE, Agência Estado

26 Julho 2010 | 19h44

O petista, de acordo com informações divulgadas pela sua assessoria de imprensa, ressaltou que o governo estadual deve agir como indutor da economia, trabalhando com uma margem de crescimento de até 7% ao ano. "São Paulo precisa de um PAC Paulista, de um Estado indutor que planeje, que estabeleça os investimentos prioritários e as obras estruturantes", afirmou o petista, em debate no Instituto de Engenharia, na capital paulista.

No evento, o petista apresentou seu programa de governo para os setores de infraestrutura e transporte. A um público formado por engenheiros e profissionais ligados aos setores da construção e da indústria imobiliária, ele destacou a necessidade do governo promover mais parcerias público-privadas em São Paulo.

Ele também sustentou a elaboração de uma lei de licitação que seja mais "eficiente". "Você precisa dar ao setor privado possibilidade de fazer sugestões e uma lei que traga soluções", disse. "Precisamos dar um salto na relação público-privada no Brasil", defendeu.

Mercadante reconheceu que, sem a contribuição privada, não há como o governo promover sozinho o desenvolvimento do Estado. "Acho que esse Estado vai andar numa velocidade muito mais rápida e não tem como o Estado fazer isso sozinho".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.