São Paulo aprova regras para cães violentos

A Assembléia Legislativa de São Paulo aprovou em sessão extraordinária o projeto de lei que estabelece regras de segurança para a posse e condução de cães considerados violentos. A lei detremina que quem sair às ruas com animais das raças pitbull, rotweiler e mastin napolitano terá de levar os cães com guia curta de condução, enforcador e focinheira. Quem descumprir a lei estará sujeito a multa no valor de 10 Ufesps, cerca de R$ 115,00. O projeto foi proposto pelo governador Geraldo Alckmin em novembro do ano passado. E depois de ter passado pelas comissões de Justiça, Segurança Ppública e Finanças, foi votado em regime de urgência. O deputado petista Antonio Mentor afirmou que os ataques de cães registrados nas últimas semanas em São Paulo acabaram aumentando a pressão. Segundo Mentor, havia outros nove projetos em tramitação na Assembléia sobre o tema, que deram origem ao projeto aprovado. A lei entra em vigor a partir da sanção do governador, que deve ocorrer em até 30 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.