Sancionadas mudanças em prisão especial

O presidente Fernando Henrique Cardoso sancionou a lei que restringe os privilégios da prisão especial. Fica estabelecido que os detidos nessa situação deverão ser recolhidos a local distinto dos presos comuns. O transporte também deverá ocorrer de forma separada. A cela especial poderá ser coletiva, mas terá de oferecer condições de aeração, temperatura e exposição ao sol adequadas à existência humana. A lei acaba com regalias da prisão especial, como o direito ao uso de aparelhos eletrônicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.