José Pontes Lucio/Estadão
José Pontes Lucio/Estadão

Samuel Moreira, ex-presidente da Assembleia, assumirá Casa Civil de Alckmin

Deputado federal assume o lugar de Edson Aparecido, que deixou o cargo no dia 25 para ser candidato a vereador em São Paulo

Pedro Venceslau, O Estado de S. Paulo

04 de abril de 2016 | 14h14

SÃO PAULO - O Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, anunciou nesta segunda-feira, 4, que o deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP) será o novo chefe da Casa Civil do governador Geraldo Alckmin. Ele assume o lugar de Edson Aparecido, que deixou o cargo no dia 25 e será candidato a vereador na capital.  

Ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Moreira tem um perfil discreto no Congresso. Ele será o responsável pela interlocução do governo com os deputados estaduais, prefeitos do interior, sociedade civil e lideranças políticas do interior.

Homem forte de Alckmin até o ano passado, Edson Aparecido perdeu espaço no governo por não ter feito campanha para o empresário João Doria nas prévias tucanas na capital paulista.

Engenheiro civil, Samuel Moreira foi eleito com 227.210 votos. Foi deputado estadual por dois mandatos e presidente da Assembleia Legislativa (2013-2015), além de líder do governo Alckmin (2011) e do PSDB (2008-2009). Foi presidente da CPI da Bancoop (2010), que apurou fraudes na Cooperativa dos Bancários de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.