Saída de Paulo Renato fortalece Serra, diz Feldman

O presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo, deputado Walter Feldman (PSDB-SP), disse neste sábado que a desistência do ministro da Educação, Paulo Renato Souza, em concorrer à vaga do PSDB na disputa pelo Planalto, fortalece uma eventual candidatura do ministro da Saúde, José Serra. ?Eu acho que é uma decisão interessante do ministro da Educação, fortalecendo o ministro da Saúde", disse Feldman, que participou com Serra das comemorações do Jubileu de Prata do Atendimento Médico Voluntário na Paróquia de Bom Jesus, de Cangaíba, na zona leste de São Paulo. O presidente da Assembléia disse achar um sinal de boa sorte para uma eventual candidatura à Presidência do ministro da Saúde a presença dele no evento. Isto porque foi no mesmo local, em 1982, que Feldman, que é médico, lançou a primeira candidatura dele a um cargo eletivo. Ele foi o sexto vereador mais votado pelo PMDB, partido ao qual era filiado na época.Serra e Feldman participaram das comemorações de 25 anos do trabalho criado pelo vereador Gilberto Natalini, líder do PSDB na Câmara Municipal. Natalini, que é médico, atende à população carente, todos os sábados, em um ambulatório anexo à paróquia, juntamente com os médicos Nacime Mansur e Henrique Francé, da Escola Paulista de Medicina (EPM).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.