Saída de Miro da liderança preocupa governo

O governo está muito preocupado com a saída do deputado Miro Texieira (sem partido-RJ) da liderança governista na Câmara em meio a uma crise política. Até os críticos da atuação de Miro no Congresso estavam trabalhando para organizar a articulação política do governo com ele no comando do time, por acreditar que sua saída abre mais uma crise na já tumultuada base governista. "Nós não acreditávamos que Miro fosse deixar o governo agora, porque o momento é muito ruim. Isso nos fragiliza ainda mais", disse um importante interlocutor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preocupado com a ampliação da crise, exatamente no dia em que a situação do ministro-chefe do Dirceu ficou ainda mais fragilizada em virtude dos embates dele com o PSDB. Na avaliação de governistas, enquanto esteve no Minsitério das Comunicações, Miro foi um dos ministros que mais ajudaram o governo politicamente. Portanto, apostavam que Miro não criaria um problema desta natureza para Lula, justamente num momento delicado como o atual para o governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.