DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Saiba quem é contra e quem é a favor de manter o Coaf com Sérgio Moro

Dos 26 titulares da comissão especial, 13 afirmaram ao ‘Estado’ que defendem a permanência do órgão no Ministério da Justiça

Breno Pires, Renato Onofre e Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

07 de maio de 2019 | 09h00

BRASÍLIA – Dos 26 titulares da comissão especial do Congresso que trata da reorganização da Esplanada dos Ministérios, 13 disseram ao Estado defender a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça, sob a tutela do ministro Sérgio Moro.

No mês passado, o presidente Jair Bolsonaro relatou pressão do Congresso para retirar o órgão das mãos do ministro, ex-juiz da Lava Jato. No entanto, apenas três parlamentares assumiram esta posição – dois deles do PT. Outros oito não quiseram declarar seus votos e dois não responderam aos questionamentos da reportagem. Veja abaixo as respostas de cada parlamentar:

A favor de manter com Moro

Senadora Selma Arruda (PSL-MT)

Senador Otto Alencar (PSD-BA)

Deputado Filipe Barros (PSL-PR)

Senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP)

Senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE)

Deputado Diego Garcia (PODE-PR)

Deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA)

Senador Telmário Mota (PROS-RR)

Deputado João Roma (PRB-BA)

Senadora Simone Tebet (MDB-MS)

Senador Angelo Coronel (PSD-BA) 

Deputado Hildo Rocha (MDB/MA)

Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) 

Contra manter com Moro

Senador Rogério Carvalho (PT-SE)

Deputado Alexandre Padilha (PT-SP)

Deputado Wellington Roberto (PR-PB)

Não declararam posição

Deputado Arthur Lira (PP-AL)

Senador Ciro Nogueira (PP-PI)

Deputado Daniel Coelho (Cidadania-PE)

Deputado Elmar Nascimento (DEM-BA)

Deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP)

Senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG)

Deputado Túlio Gadêlha (PDT-PE)

Procurados, não responderam

Senador Rose de Freitas (PODE-ES)

Deputado Bira do Pindaré (PSB-MA)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.