Saiba como votaram os deputados do Conselho de Ética na ação contra Cunha

Conselho de Ética da Câmara aprovou, por 11 votos a 9, relatório prévio do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) que pede a continuidade do processo por quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara

O ESTADO DE S.PAULO

15 de dezembro de 2015 | 15h04

O Conselho de Ética da Câmara aprovou, nesta terça-feira, 15, relatório prévio do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) que pede a continuidade do processo por quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). A admissibilidade foi aprovada, em votação no painel, por 11 votos favoráveis e nove contrários. Saiba como votou cada um dos integrantes do colegiado:

Votaram contra o relatório:

Cacá Leão (PP-BA)

Manoel Júnior (PMDB-PB)

Erivelton Santana (PSC-BA)

Paulinho da Força (SD-SP)

Ricardo Barros (PP-PR)

Washington Reis (PMDB-RJ)

João Carlos Bacelar (PR-BA)

Vinícius Gurgel (PR-AP)

Wellington Roberto (PR-PB).

Votaram a favor da admissibilidade da ação da Rede e do PSOL

Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP)

Fausto Pinato (PRB-SP)

Paulo Azi (DEM-BA)

Leo de Brito (PT-AC)

Valmir Prascidelli (PT-SP)

Zé Geraldo (PT-PA)

Rossoni (PSDB-PR)

Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS)

Sandro Alex (PPS-PR)

Marcos Rogério (PDT-RO)

Júlio Delgado (PSB-MG)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.