Epitacio Pessoa/AE
Epitacio Pessoa/AE

Russomano mantém pré-candidatura e descarta terceira via no 1º turno em SP

Político vinha defendendo uma candidatura única para contrapor a polarização entre PT e PSDB

Daiene Cardoso e Débora Álvares, da Agência Estado,

07 Maio 2012 | 16h56

SÃO PAULO - O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, anunciou nesta segunda-feira, 7, que manterá a pré-candidatura de Celso Russomanno à Prefeitura de São Paulo após tentativa frustrada de formar uma chapa com o pré-candidato do PMDB, deputado federal Gabriel Chalita. Em conversa com o vice-presidente da República, Michel Temer, presidente licenciado da legenda, e com Chalita, a proposta de aliança no primeiro turno com o PRB foi rejeitada. "Conversamos eu (Marcos Pereira) e o Celso (Russomanno) com o (Michel) Temer e o (Gabriel) Chalita, mas ao que me parece, por questões pessoais, o Chalita não abre mão de ser cabeça de chapa", afirmou Pereira.

Russomanno e o pré-candidato do PCdoB, vereador Netinho de Paula, vinham defendendo uma candidatura única de terceira via para contrapor a polarização entre o PT de Fernando Haddad e o PSDB de José Serra. A ideia era que fosse escolhido o pré-candidato melhor colocado nas pesquisas de intenção de voto para a cabeça de chapa. Segundo Pereira, o PMDB não se dispôs a desistir da candidatura de Chalita.

Sem uma aliança com os peemedebistas já no primeiro turno, Russomanno conversa agora com o PCdoB para ter Netinho como seu vice de chapa. Segundo Pereira, as negociações estão avançadas. Além do PCdoB, o PRB mantém negociações com o PTdoB, PTN, PHS e PRP.

Licença. Nesta segunda, o deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT), o Paulinho, se licenciou da presidência da Força Sindical para se dedicar à pré-candidatura à Prefeitura de São Paulo. Miguel Torres, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e vice-presidente do central sindical, vai substituir Paulinho na liderança da entidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.