Russomanno sobe em altar para pedir votos em SP

Chamado de "nosso irmão" pelo padre Nelson Silvino, o candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, foi o principal personagem da missa de ontem na Paróquia São Bernardo, no Grajaú, zona sul da capital. Em dois momentos, Russomanno subiu ao altar para pedir votos e cantar Romaria, acompanhado de seu candidato a vice, Luiz Flávio Borges D''Urso (PTB), e do presidente estadual do PTB, Campos Machado.

BRUNO LUPION, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 09h42

O irmão de padre Nelson, Celso Silvino, é coordenador político do PTB. Convidado a fazer uma homilia informal, Russomanno lembrou detalhes da morte de sua mulher, em 1990, por falta de atendimento médico, e não conteve as lágrimas.

Ele disse que, na época, se sentiu culpado por não fazer nada para melhorar a sociedade e decidiu agir em nome do coletivo. "É essa a multiplicação, quando a gente pensa em todos, e não no bolso próprio, que é infelizmente o que muitos políticos fazem."

Questionado pela reportagem, padre Nelson negou que sua intenção tenha sido pedir votos para algum candidato. "Vamos sempre nos colocar numa posição apartidária. A instrução do bispo é abrir as portas da igreja para quem já tem representatividade", disse. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesSPRussomanno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.