Russomanno promete campanha sem mistura de temas religiosos

Pré-candidato do PRB afirmou que a igreja não terá um papel específico em seu governo

Fernanda Yoneya, de O Estado de S.Paulo

29 de março de 2012 | 19h59

O pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRB, Celso Russomanno, descartou nesta quinta-feira, 29, a possibilidade de abordar temas religiosos durante a campanha eleitoral deste ano para a Prefeitura de São Paulo e negou que a igreja possa ter um papel específico em seu governo. O PRB é ligado à Igreja Universal.

"Não podemos transformar esta eleição em eleição nacional e muito menos em eleição religiosa. Isso não existe", disse o pré-candidato, em entrevista à Rádio Bandeirantes. Ele garantiu que o fato de seu partido ter lideranças evangélicas não afetará sua campanha nem sua forma de governar.

"O Brasil nunca teve conflitos religiosos. Sou católico e vou continuar debatendo o melhor para a cidade, independentemente da religião. Somos todos cristãos. Evangélicos ou católicos, a Bíblia é a mesma." Ele disse ainda que nenhuma pressão tira o PRB da disputa de São Paulo. "É uma decisão do partido."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.