Helvio Romero/AE
Helvio Romero/AE

Russomanno prega paz, mas prepara contra golpe a adversários

Candidato do PRB se diz alvo de acusações injustas vindas de seus oncorrentes na disputa municipal

Ricardo Chapola - O Estado de S, Paulo,

06 de agosto de 2012 | 11h32

Mais agressivo do que o usual, o candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, confirmou nesta segunda-feira, 6, que se reunirá com lideranças adversárias - PT, PMDB e PSDB - para articular um verdadeiro tratado de paz para o decorrer da campanha. Alvejado por denúncias que classificou como mentirosas, ele prepara nos bastidores um contra golpe se o acordo não for respeitado.

"Nós temos a informação de quem está por trás disso (das tentativas de derrubar sua candidatura com as últimas acusações). E se for necessário, vamos divulgar", disse durante caminhada pelo Largo 13 de Maio, na zona sul da capital. "Nós também recebemos informações de todos os tipos, denúncias. E nós não vamos ficar quietos se continuar desse jeito".

De forma velada, Russomanno disse que a origem das acusações viriam tanto do lado tucano, de José Serra, quanto do petista, de Fernando Haddad. "Quando você está bem nas pesquisas, vem bordoada de tudo quanto é lado: de quem está ali, na briga com você, e também de quem gostaria de estar lá em cima".

Segundo a pesquisa Ibope divulgada na última sexta, Russomanno tem 25% das intenções de voto, em empate técnico com Serra, que tem 26%. Haddad aparece com 6%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.